• Teste 5 pagina Site
  • registo
  • Teste 3 pagina Site
  • Teste 2 pagina Site
  • Estufa Fria amigos Palco
  • vitoriamover n
  • crianças ANDAI
  • 14753964 1112390125464924 1475238286119086404 o
  • coro o
  • campo actividades
  • Grupo Barco
  • Um diagnóstico precoce e tratamento adequado são fundamentais
  • A ANDAI preocupa-se com a qualidade de vida dos seus jovens
  • As doenças reumáticas não são só de "velhos"
  • A nossa Mascote Vitória
  • Encontros ANDAI
  • Participação em eventos solidários
  • Aniversário ANDAI
  • 1º Campo de Actividades ANDAI
  • Participe! Junte-se a nós!

jovens eventos

EVENTOS

cantinho

 CANTINHO

DOS

MAIS NOVOS

Lidar com a AIJ

 criançasPor vezes os adultos pensam que as crianças são demasiado jovens para entender ou não querem contar o que se passa com medo de causar preocupações desnecessárias. mas é bom educar as crianças sobre a sua doença.

Se não lhes for explicado convenientemente, elas podem preocupar-se de forma errada Às vezes, as crianças acreditam que são elas que causaram a doença, por algum ato do qual nem sequer estão conscientes.

A sua imaginação é muito ativa. Se não perguntarmos o que eles sentem ou pensam, eles podem não nos dizer. Se explicarmos, a um nível que eles possam entender, os seus medos e preocupações podem ser aliviados.

Converse com a criança/jovem, explique que ter a doença não é culpa de ninguém, nem uma “punição” (algumas crianças acreditam que a doença é um castigo por algo que fizeram).

Esteja disponível para ouvi-la sobre os seus medos, dificuldades ou revoltas.

Ajude-a a compreender o que se passa, a lutar pelos seus objectivos, a ser responsável e independente.

Não a vitimize nem a deixe “ter pena de si própria”.

Ensine-lhe que ela é muito mais do que uma doença!

Imprimir

22º Forum de Apoio ao Doente Reumático

22Forum LPCDR

                                                                                                                                                                                  

A Liga Portuguesa contra as Doenças Reumáticas, irá realizar o 22.º Fórum de Apoio ao Doente Reumático, com o tema  «Viver a (in)Capacidade», no próximo dia 12 de Outubro, no Auditório do Centro Cultural Franciscano (Largo da Luz, 67 – ao lado do Externato da Luz, Lisboa).

Serão abordados apoios disponíveis na capacitação para o trabalho (escolar, profissional ou doméstico), recursos profissionais para pessoas com incapacidade, a prevenção, a legislação laboral e não poderíamos deixar de conversar sobre o impacto emocional aliado a limitações provocadas pelas doenças reumáticas.

A ANDAI vai mais uma vez estar presente neste  evento, este ano com a participação activa da associada Dália Piedade no tema "Necessidades de saúde especiais: suporte à aprendizagem e à inclusão para crianças e jovens com doenças reumáticas".

Dado o interesse dos temas convidamos os nossos associados a estarem presentes neste Fórum.Para tal devem fazer a sua inscrição (gratuita mas obrigatória) em www.lpcdr.org.pt ou contactar a associação

Imprimir

Sensibilização Word Day

A importância de um diagnóstico precoce e de um tratamento atempado para impedir a progressão da doença são os principais alertas que a European Society for Pediatric Rheumatologists (PReS) e a European Network for Children with Arthritis (ENCA) quiseram fazer no primeiro Dia Mundial da Doença Reumática Infantil/Juvenil – o WORD Day, que aconteceu a 18 de março.

O WORD Day será um evento  que se realizará, a partir de 2019, anualmente  no dia 18 de março.

dia Internacional2

 

Assista aqui ãs entrevistas realizadas este ano a propósito deste evento 

                                                                 Entrevista Drª Filipa Ramos -TVI                                  Entrevista Drª Helena Canhão -SIC

 

 

                                                

                                                                                                                                                                                                                                    

Imprimir